Pesquisar
Close this search box.

PDT: baixo custo e alta resolubilidade

Fala galera… tudo bem com vocês? Mais uma semana e nós estamos aqui comprometidos em entregar a vocês conteúdo de qualidade e muito conhecimento. Hoje vamos voltar em um assunto que já discutimos aqui no blog e eu prometi que voltaria falando um pouquinho mais dele pra vocês e então chegou o dia.

Já definimos a Terapia Fotodinâmica (PDT), explicamos o passo a passo de como ela é feita e fizemos até um mapa mental pra facilitar seus estudos sobre o assunto. Hoje iremos falar um pouquinho sobre os benefícios do PDT, tanto a redução de custos em curativos, internações, amputações como também sua eficácia nos tratamentos de feridas infectadas.

O tratamento de feridas, seja ela aguda ou crônica, onera os gastos em saúde e tem tendencia em aumentar anualmente, devido ao perfil sociodemográfico da população e a consequente mudança no perfil de doenças. Além disso, uma parcela significativa dos pacientes com lesão apresentam infecção resistente a antibiótico, apresentando alta taxa de mortalidade (1,2).

Um estudo que comparou a evolução clínica de lesões tratadas e não tratadas com PDT, chegou a conclusão que 100% das lesões em que foi usado a PDT reduziu de tamanho o que pode estar relacionado a redução da carga microbiana, houve também diminuição da dor em comparação ao grupo controle (3).

Além disso, o uso de PDT diminui a necessidade de amputação, reduz o custo com o tratamento e com a internação hospitalar, diminui o infiltrado infeccioso e melhora o reparo tecidual (4)

Tudo isso, aponta para uma questão indiscutível: a utilização da terapia fotodinâmica como adjuvante no tratamento de feridas não só reduz os custos em saúde como melhora a qualidade de vida dos pacientes.

Seja no serviço privado ou no público, o uso desta terapia pode melhorar os resultados em saúde e diminuir os custos tanto para a instituição de saúde quanto para os clientes.

E você, o que esta esperando para se capacitar em laserterapia e melhorar seus resultados com cicatrização de feridas?  Em março estaremos na capital mineira para falar um pouquinho mais sobre laserterapia e colocar as mãos na massa. Corre porque as vagas já estão se esgotando.

Bibliografia:

1.       Ferreira RP, Policarpo N de S, Ribeiro Z dos S de F, Tonazio CHS, Pinto AM de O, Pinto GHP. Aplicação da Terapia Fotodinâmica Antimicrobiana (aPDT) no tratamento de feridas: revisão de literatura. Rev Eletrônica Acervo Saúde. 2022;15(4):e10133.

2.       Domingues EAR, Urizzi F, Souza FR de. Efeito Da Terapia Fotodinâmica Em Feridas Agudas E Crônicas: Revisão De Escopo. Rev Enferm Atual Derme. 2022;96(38).

3.       Moura JPG, Brandão LB, Barcessat ARP. Estudo da Terapia Fotodinâmica (PDT) no reparo de lesões teciduais: estudo de casos clínicos. Estação Científica (UNIFAP). 2018;8(1):103.

4.       Brandão MGSA, Ximenes MAM, Cruz GS, Brito EHS, Veras VS, Barros LM, et al. Terapia fotodinâmica no tratamento de feridas infectadas nos pés de pessoas com diabetes mellitus: síntese de boas evidências. Rev Enferm Atual Derme. 2020;92(30):138–45.

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Chamar no Whatsapp
1
Escanear o código
Olá 👋
Como podemos ajudá-lo?